Desbravando o Sul do Brasil

Amanda Bezerra e Rodrigo Guimarães

Parecia que algo nos desafiava a sair do Brasil. As oportunidades de voluntariado nos países vizinhos simplesmente não fechavam. Mas aos poucos fomos entendendo porquê o Brasil deveria ser o começo de tudo. Acabamos fazendo mais dois trabalhos voluntários no Rio Grande do Sul. Foram experiências extremas, uma nos fez sair da zona de conforto e outra fez com que nos sentimos totalmente em casa com uma família que nos adotou por alguns dias. Ambas situações resultaram em muito aprendizado.

015-nam-foto-1-dia-dos-namorados-casal-inspiracao

 As terras gaúchas

Confesso que antes de sermos o casal Journey2World o Rio Grande do Sul não me despertava tanta curiosidade. Sem dúvidas, faltavam-me informações sobre a região! O Rodrigo já conhecia o Estado, trabalhou por um tempo em Porto Alegre e já havia desbravado o território. Mas, em nossa rota passamos por lugares novos para os dois e o fato é que a terra gaúcha nos trouxe muitas histórias boas e grandes amigos.

 

015-nam-foto-2-lagoa-cisme-casal-juntinhos

Da Serra ao litoral gaúcho

Fomos voluntários em uma guest house em Canela, cidade turística e vizinha de Gramado, onde pudemos apreciar os tradicionais shows de Natal e as lindas decorações, além de curtir o friozinho da serra. A segunda oportunidade foi em uma pousada bem charmosa em Tramandaí, pequena cidade do litoral gaúcho, cercada pelos encantadores lagos e lagoas que se formam nesta região.

015-nam-foto-3-moto-estrada-jornada 

Do chimarrão ao bom churrasco gaúcho, descobrimos também o amor pelas casas rodantes, os famosos motor home. Em um fim de semana fomos convidados para acampar próximo a lagoa do Bacupari, pequena porção de águas que se une com a grande lagoa dos Barros, no município de Mostardas. No camino pegamos um pouco de chuva, mas quem ligava? A estrada era linda, com estações eólicas a perder de vista. Éramos três casais, dois motorhomes maravilhosos, um no estilo retrô e outro super moderno, e nossa Magrela com o kit camping.

 

015-nam-foto-4-motorhome-viagem

Dunas, lagoas e um paraíso a ser conhecido

Feito o reconhecimento da área, acampamento armado, aí foi só conversa boa, música, churrasco e risada. A lagoa ficou para o dia seguinte, e que dia! A água era doce, mas as ondas que se formavam pelo vento somada àquela imensidão parecia mar.

015-nam-foto-5-praia-mar

A aventura, por ora, ficou por conta de observar as pessoas que praticavam kitesurf. Mas no final da tarde descobrimos que bem pertinho dali haviam dunas que separavam em poucos KMs as lagoas do mar. Fomos conferir, claro. O resultado de tudo é que saímos apaixonados por este Estado. Vale muito a pena desbravar as belezas naturais que guardam os gaúchos.

 

015-nam-foto-6-areia-dumas-infinito

Até o momento a sensação era de estar apenas em uma viagem de férias. A ficha não havia caído ainda. Faltavam cruzar a primeira fronteira internacional, ter o frio na barriga para sentir que o sonho estava se tornando realidade. Mas isso a gente conta mais pra frente...

 

015-nam-foto-7-rio-grande-do-sul-atracoes

 

É CASALZÃO PELO MUNDO QUE CHAMA? 

Um casal, uma moto, a paixão por viajar e o Canadá no destino

Os primeiros kms de jornada

Amanda Bezerra e Rodrigo Guimarães

Colunistas

6 posts